Música e castelo inflável marcam estreia do Festival de Londres


O Festival de Londres 2012, uma celebração cultural em toda a Grã-Bretanha para coincidir com os Jogos Olímpicos, começa na quinta-feira com um espetacular estouro de fogos de artifício às margens do Lago Windermere e com uma réplica inflável em tamanho real de Stonehenge.

O festival, que vai de 21 de junho a 9 de setembro, é o marco principal da Olimpíada Cultural de quatro anos, e os organizadores disseram nesta terça-feira que 10 milhões de ingressos gratuitos estarão disponíveis para as pessoas experimentarem dança, teatro, música, arte e muito mais.

O secretário britânico de Cultura, Jeremy Hunt, afirmou que espera sensibilizar a opinião pública sobre os milhares de eventos acontecendo no país conforme aumenta a empolgação antes dos Jogos, que vão de 27 de julho a 12 de agosto.

"Este é um momento muito importante", disse ele nesta terça-feira. "Eu não acho que a ficha já caiu com o público." "Eu acho que eles estão começando a apreciar o alcance e a emoção dos Jogos, mas o alcance e a emoção do maior festival cultural da nossa história é uma coisa ... que eu acho que as pessoas ainda têm de apreciar."

Ele disse que o festival, que custou cerca de 55 milhões de libras (86 milhões de dólares), era uma chance de mostrar o patrimônio cultural da Grã-Bretanha.

"Não apenas em 2012, mas todo ano temos a melhor cultura do mundo neste país e esta é a nossa grande oportunidade para rufar o tambor". Alguns eventos que oficialmente contam como parte da Olimpíada Cultural teriam acontecido de qualquer maneira, mas muitos também foram incluídos especialmente no programa.

Para marcar a abertura do festival, o maestro venezuelano Gustavo Dudamel vai conduzir a Orquestra Sinfônica Simón Bolívar da Venezuela em um concerto ao ar livre, tendo como cenário o Castelo Stirling, da Escócia.

Também na quinta-feira, a empresa de pirotecnia francesa Les Commandos Percu fará um espetacular estouro de fogos de artifício ao ar livre, às margens do Lago Windermere, no noroeste da Inglaterra, para coincidir com o revezamento da tocha olímpica.

Entre os eventos mais esperados de lançamento do festival está a réplica em tamanho real de Stonehenge, feita pelo artista Jeremy Deller, chamada de "Sacrilégio". Parte arte, parte um castelo inflável, a obra vai "surgir" no Jardim Botânico Nacional de Carmarthen, no País de Gales, e, em seguida, fará uma excursão pela Grã-Bretanha.

A Peace One Day, uma organização dedicada à ideia de um dia por ano livre de conflitos, está realizando um concerto em Londonderry, na Irlanda do Norte, e a instalação de Yoko Ono "Imagine Peace" será apresentado nas telas da Londres 2012.

Um dos maiores eventos da semana de abertura será o Hackney Weekend, patrocinado pela BBC Radio 1, um evento gratuito de música ao vivo em seis palcos, com mais de 100 artistas, incluindo Jack white(foto), Lostprophets,The vaccines, Kasabian.

Cerca de 100 mil pessoas são esperadas no evento de música. Ruth Mackenzie, diretora da Olimpíada Cultural e do Festival de Londres 2012, disse que esperava que o orçamento fosse justificado pelo nível de interesse público.

O evento cultural tem sido criticado por estar fora de foco --uma pesquisa no início deste ano mostrou que a maioria dos britânicos não sabia exatamente o que era-- e alguns dos projetos têm sido ridicularizados como pretensiosos e caros.

"O financiamento do festival é um investimento... em vez de um fundo e é um investimento de 55 milhões de libras." "Alguns de vocês podem pensar que é muito, mas eu garanto, para um festival de 12 semanas por toda a Grã-Bretanha... é um investimento muito pequeno e eu espero que, quando contabilizarmos os números finais após o festival, seremos capazes de demonstrar bom valor para o dinheiro."

Fonte: G1.

Comentários

Postagens mais visitadas