Exposição terá objetos raros do guitarrista Rory Gallagher


Uma coleção privada de objetos relacionados com o guitarrista irlandês Rory Gallagher entra em evidência depois de ter permanecido oculta por quase 50 anos em uma casa de Cork, a cidade que viu crescer este mito do rock e do blues.

Apesar de nunca ter sido considerado um "fenômeno", Rory Gallagher foi um dos primeiros artistas irlandeses de blues reconhecido fora da Irlanda, sendo citado como influência direta de ninguém menos que Edge (do U2), Slash (ex-Guns 'n' Roses) e Johnny Marr (The Smiths).

Em entrevista à Agência Efe, Dónal Gallagher, irmão do falecido artista, afirmou nesta quarta-feira que a coleção descoberta inclui a primeira gravação de estúdio realizada por Rory com sua primeira banda, The Fontana Showband, uma autêntica relíquia para seus fãs.


O material inédito esteve durante 46 anos em posse do então "manager" da banda, Philip Prendergast. Após a morte do mesmo, a coleção acabou sendo encontrada por sua mulher, Sarah Prendergast, que decidiu doar todos os materiais para um amigo e fã de Gallagher, Tim O'Leary, o responsável por tornar pública essa descoberta.

Qualificado por Dónal como "fantástico", o achado também inclui uma breve biografia de Gallagher, que cita que o músico gostava de roupas de couro, suco de laranja e de colecionar discos. Apesar de contar com uma biografia e uma série de fotos do jovem Gallagher com sua primeira guitarra elétrica, uma Fender Stratocaster, a joia desta coleção é mesmo a velha fita k7 com sua primeira gravação de estúdio.

Rory Gallagher morreu em 1995, em Londres, pouco tempo depois de ter sido submetido a um transplante de fígado.

Fonte: UOL

Comentários

Postagens mais visitadas